10 anos de “The Black Album”

99-problems

Há dez anos atrás, Jay-Z lançaria o que ele dizia como seu último disco. Ele voltou três anos depois, mas a declaração marca até hoje. Além disso, ele nos deixou um grande presente de despedida, ele nos deixou o disco The Black Album.

Para mim, esse é um dos melhores discos de Jay-Z. Um dos meus favoritos. Quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu não fecho com projetos como Magna Carta, Blueprint 3, dentre outros; e também com um pouco do hype em cima de Jigga atualmente. Mas sou obrigado a concordar com todos, ao dizer que The Black Album é uma daquelas obras-primas que você não quer tirar do ouvido.

Ontem, dia 14/11, se passaram dez anos desde o lançamento do disco. Com produtores em ascensão como Kanye West e Just Blaze produzindo algumas das melhores faixas do disco como, “December 4th” e “Lucifer“, o disco se desenha polêmico e profundo pessoalmente, trazendo um Jay-Z tocando em assuntos mais pessoais do que o normal na época, e fazendo os fãs a cada faixa ficarem mais aflitos pela aposentaria do rapper do BK. “99 Problems” ainda deu um tom oitentista ao disco – cortesia de Rick Rubin, claro -, e mais crítico. Ela continua atual, e certamente é um dos clássicos de Jay-Z

Tire a poeira da pasta do seu disco, ou, tire ele da prateleira e bote nos speakers para ouvir um dos maiores clássicos de Jay-Z, e por que não do Rap?

Dica de leitura: Moment of Clarity: An Oral History of Jay Z’s The Black Album (Via. Fader)

Facebook Comments

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011, Joe é fã incondicional de Nas, futebol, cinema e séries de TV. Se apaixonou pelo hip-hop graças aos filmes sobre a cultura e escreve há 7 anos sobre o assunto na internet. Já passou pelo Rapevolusom e foi um dos moderadores do Genius Brasil.