Bring It Back: 10 anos de “Hell Hath No Fury”, do Clipse

r-845159-1269046384-jpeg

Se em 2002 a dupla formada por Malice e Pusha T chamaram a atenção com Lord Willin’ e se tornaram grandes promessas do cenário, em 2006 com Hell Hath No Fury, eles já eram uma realidade.

O disco que completa dez anos hoje (28/11) foi um grande marco da última década. Produzido inteiramente pelos Neptunes em seu auge, Pusha T e Malice entregam algumas das melhores rimas de 2006 no segundo álbum da dupla.

“Estávamos prontos para voltar com as paradas do primeiro disco… as músicas que havíamos feito eram quentes, mas naquele tempo estávamos em um lugar diferente, éramos felizes. O tempo passou, e vimos isso como um grande obstáculo, as pessoas esperaram demais, tomamos muito tempo. Não ousaríamos voltar com a mesma coisa que fizemos em Lord Willin’ – então agora nós estamos loucos, brabos e muito putos.” [Malice para o AllHipHop sobre o clima mais pesado do disco]

Com singles provocativos como “Mr. Me Too“, que é repleto de indiretas, e faixas icônicas como “Keys Open Doors” esse projeto se destaca por ser muito mais maduro que o seu antecessor.

É hora de relembrar esse clássico.

Facebook Comments

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011, Joe é fã incondicional de Nas, futebol, cinema e séries de TV. Se apaixonou pelo hip-hop graças aos filmes sobre a cultura e escreve há 7 anos sobre o assunto na internet. Já passou pelo Rapevolusom e foi um dos moderadores do Genius Brasil.