Bring It Back: “The Eminem Show” faz 15 anos

Parece que foi ontem, mas já se fazem quinze anos desde o lançamento de um dos melhores – talvez o melhor – disco da carreira de Eminem. The Eminem Show é quase maior de idade, e o Raplogia relembra o disco para vocês.

O maior rapper do cenário no início da década passada era branco e vinha de Detroit, Eminem era o cara do momento lotando shows e vendendo uma penca de discos. Seu último disco até então, The Marshall Mathers LP, foi polêmico o suficiente para colocar o rapper em evidência de uma forma um tanto negativa, devido as letras explícitas e críticas ácidas do rapper. Mesmo assim, as técnicas de Eminem o faziam ser louvado pelos fãs de rap e sua popularidade alcançou níveis inacreditáveis. Junto com a produção do seu quarto disco, The Eminem Show, Eminem tinha um novo objetivo: começar a produção de um filme semi-biográfico.

2001-02 foi intenso para o rapper, problemas com a lei, gravação do filme e por fim, o disco. The Eminem Show traz alguns dos maiores sucessos comerciais do rapper. “Cleanin’ Out My Closet“, “Without Me“,  “Sing for the Moment“, e “White America” são algumas das mais relevantes faixas do disco que contou com pouquíssimas participações.

O rapper toca em pontos muito importantes da sua carreira no projeto, como seu privilégio por ser branco e ter feito um sucesso estrondoso, enquanto rappers negros tão talentosos quanto, não chegaram próximo. O estresse da fama é o tema em uma das minhas faixas favoritas “Say Goodbye To Hollywood“, música que se analisarmos, já dava a ver que Eminem iria se ausentar por algum tempo. E é claro, os problemas pessoais que sempre o assombraram.

The Eminem Show foi um marco na história do hip-hop, vendendo 7.6 milhões de cópias apenas em 2002, e até hoje mais de 10 milhões de cópias nos Estados Unidos e mais de 30 mundialmente, sendo um dos álbuns de rap mais vendidos de todos os tempos.

Facebook Comments

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011, Joe é fã incondicional de Nas, futebol, cinema e séries de TV. Se apaixonou pelo hip-hop graças aos filmes sobre a cultura e escreve há 7 anos sobre o assunto na internet. Já passou pelo Rapevolusom e foi um dos moderadores do Genius Brasil.