Pusha T declara: “‘King Push’ será o disco do ano em 2018”

O presidente da GOOD Music, Pusha T, quer elevar o jogo com o seu extremamente aguardado disco King Push. O rapper que planeja o lançamento desse projeto desde 2013, afirma que ele terá o disco do ano em 2018.

Em 2013, My Name is My Name foi lançado, logo depois, ele revelou que lançaria um projeto chamado King Push. As promessas culminaram em um prelúdio chamado King Push – Darkest Before Dawn: The Prelude, de 2015.

Mesmo assim, King Push continua como um disco a ser lançado, e parece que em 2018 ele verá a luz do dia, como falou Pusha T na ComplexCon.

“Eu estou quase terminando. Se não me engano, trabalhando na última música,” disse o rapper. “Estarei esperando os últimos versos colaborativos. Vai ser o melhor disco de 2018. Raps pesados, produzidos por Kanye West do começo ao fim. Eu esperava por isso há muito tempo, e uma coisa sobre mim, é que tem que estar tudo certo.”

Kanye West não será apenas o produtor principal do disco. Pusha T falou um pouco sobre o papel do fundador da GOOD Music no projeto:

“Ele está monitorando todo o meu disco. Escolheu as produções, eu rimo sobre elas, e estão prontas. Então ele vai e ouve, depois diz que pode fazer os beats melhores ainda. Ele é o Kanye West, e provavelmente é o maior produtor de todos os tempos. Se ele está disposto a tomar esse tempo, então eu também estou. Eu acho que a minha maior realizaçào no jogo há tanto tempo é ter o luxo de tomar tempo para as coisas.”

Recentemente, Pusha T deu um gostinho aos fãs. Em filme colaborativo com a adidas, você pode ouvir uma das músicas do disco, intitulada “Bodega Babies“. A promo foi feita para divulgar um novo tênis do rapper para a marca em Outubro – ouça abaixo:

Lembrando que Pusha estará no Brasil esse mês, fazendo um show em São Paulo. Não perca a chance de ver um dos rappers mais quentes do jogo no país. É dia 18 de Novembro, na Audio, em São Paulo! 

Facebook Comments

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011, Joe é fã incondicional de Nas, futebol, cinema e séries de TV. Se apaixonou pelo hip-hop graças aos filmes sobre a cultura e escreve há 7 anos sobre o assunto na internet. Já passou pelo Rapevolusom e foi um dos moderadores do Genius Brasil.