Colamos no último show da turnê RPA Vol. 3 do Don L; confira

Na última sexta-feira, 22 de junho, ocorreu o último show da turnê “Roteiro pra Aïnouz Vol. 3” do rapper Don L, também conhecido como favorito do seu favorito. O Raplogia se fez presente com nossos colunistas Arthur Garbossa e Marco Aurélio para registrar o show.

O show ocorreu no Sesc Pinheiros, Teatro Paulo Autran, com a pontualidade típica do Sesc. O show manteve sua linha, começando com “Eu não te amo” junto ao Diomedes Chinaski, e “Fazia Sentido”, com a participação do Terra Preta, que antes de cantar a sua parte na música, mandou um trecho da Minha Lei (um freestyle que o Don fez num som da Karol Conká), algo que já não tinha rolado no primeiro show.

Aliás, um ponto muito positivo nesses shows do Roteiros pra Aïnouz foram as constantes participações dos artistas que estão no álbum. Nos quatros shows que rolaram em SP (o primeiro sendo no Sesc Pompéia, depois Auditório Ibirapuera, CCSP e Pinheiros) houve um zelo para manter uma experiência semelhante ao de ouvir o disco, somada a energia de um show ao vivo.

Além dos artistas que estão no álbum, o DJ Roger Benício e o guitarrista Guilherme Held acompanharam o Don nessas apresentações.

Nessa apresentação inclusive rolou também a participação de um poeta, fazendo homenagem a Deputada carioca Marielle Franco, recentemente assassinada.

O show seguiu com “Aquela Fé”, terceira faixa do disco, cantada junto ao parceiro de longa data Nego Gallo. Gallo também cantou um som de sua autoria e Diomedes retornou para cantar “Nem tudo é só dor”.

Após “Cocaína”, entra “Mexe pra Cam”, som em parceria com a Lay, sempre muito hipnótica, dançando ao fundo entre as estruturas que compõem o palco.

Outra novidade foi “Beira de Piscina remix” feito em cima de um som do Emicida que, nesse show, foi tocada com um beat diferente e o refrão cantado pelo Terra Preta. Ao final do som, nova participação do poeta e o show já se encaminhando pro final.

E, nesse final merecido para a experiência que foi essa turnê, Don L toca “Se não for demais” e “Laje das ilusões”, junto a alguns sons da mixtape anterior,  “Carro Vapor”. Além disso, todos os Mc’s também mandaram alguns sons, Nego Gallo tocou “O bagui virou”, Diomedes tocou “Sulicídio”, Lay tocou “Bitch Star”, e, nessa constante troca de sons, se encerrou com “Morra bem viva rápido”, último som do último show de uma baita turne que foi RPA3.
Já estamos no aguardo do próximo passo.

Siga o Raplogia nas redes sociais.

See Ya’

Don L durante show do RPA3. Foto: Marcola
Don L durante show do RPA3. Foto: Marcola

 

Deixe seu comentário!

Marco Aurélio

Fotografo shows sujos onde frequento, escrevo rimas que nunca vou lançar e faço pautas sobre coisas que vocês (ainda) não conhecem.