Spike Jonze: de vídeos de Rap para o Oscar

6a0133f4950835970b01a5117c26f8970c

Podemos dizer que a carreira de Spike Jonze chegou ao topo em 2013. Seu filme Her estrelado por Joaquin Phoenix, foi aclamado pela crítica e levou um Oscar de melhor roteiro original. Mas muitos desconhecem que Jonze tem uma carreira extensa dirigindo vídeos musicais, principalmente vídeos de Rap. O diretor também é conhecidíssimo no circuito de vídeos de skate.

Era 1996, e o icônico grupo The Pharcyde tinha como uma das principais músicas de trabalho Drop, produzida por J Dilla. Jonze e o grupo criaram um dos mais icônicos vídeos de Rap da história. O vídeo da faixa Drop consistia dos membros do grupo performando a faixa na frente do vídeo de trás para frente, coisa nova. Marcou época. Para quem nunca viu, lhes apresento o vídeo abaixo.

Mas a relação de Spike Jonze com o Rap vinha de antes de Drop. Em 1993, Jonze dirigiu o clipe de Time for Livin’ do Beastie Boys. A parceria com o grupo era uma espécie de amizade. Em 1994, o diretor rodou três vídeos do grupo: Ricky’s Theme, Sabotage, e Sure Shot. Sabotage foi um clássico, e ajudou muito nos próximos projetos de Jonze. E voltando ao vídeo de Drop, Mike D e Ad Rock participam do vídeo.

Em 1997, Jonze se uniu a Bad Boys Records duas vezes. Uma para gravar o vídeo de It’s All About the Benjamins (Rock Remix) e o do clássico póstumo Sky’s the Limit. Esse segundo que apesar de ser um vídeo “normal” de Rap, trazia crianças interpretando os personagens adultos. Novamente Spike Jonze deixou a sua marca no Rap.

Ele só voltou a dirigir um vídeo de Rap em 2000, e foi o da música What’s Up, Fatlip? do rapper Fatlip, membro do Pharcyde. Jonze só voltou para um grande sucesso em 2004, dirigindo o vídeo de Get Back, do Ludacris. Fatlip participa do vídeo hilário. Quatro anos depois, em 2008, ele dirigiu Flashing Lights, de Kanye West. Sucesso novamente. Em 2010 ele se uniu aos seus antigos amigos do Beastie Boys para outro vídeo. Don’t Play No Game That I Can’t Win, do projeto Hot Sauce Committee Part Two. Projeto de grandes vídeos. Em 2011, Jonze deixou outra marca no Rap dirigindo o vídeo do sucesso Otis, de Kanye West e Jay-Z. Único lançamento que eu acompanhei, e tenho de ser franco… que vídeo. Lembro do frisson que causou na época. Passei a curtir mais o projeto Watch the Throne inteiro por causa do vídeo.

Vinte anos produzindo vídeos musicais e grandes filmes. Será que Spike irá fazer mais algum projeto com rappers? É algo que penso sempre que vejo um vídeo clássico dele. E sinceramente, eu espero que sim. Espero que tenham gostado dessa pequena parte da videografia do diretor.

Deixe seu comentário!

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011, Joe é fã incondicional de Nas, futebol, cinema e séries de TV. Se apaixonou pelo hip-hop graças aos filmes sobre a cultura e escreve há 7 anos sobre o assunto na internet. Já passou pelo Rapevolusom e foi um dos moderadores do Genius Brasil.