Notícias

Cassiano Cacique lança “Soma do Dia”, uma referência a Aldous Huxley

By 20 de novembro de 2018 No Comments

O artista pernambucano divulgou ontem (19) o videoclipe do single, que tem participação especial de Davi Ribeiro, piloto principal de manobras com moto da equipe 26 da norte. O vídeo mostra a história de uma trabalhadora assalariada que opta pela fuga da realidade após o final de seu expediente. Cassiano Cacique fala um pouco sobre o processo que envolveu a criação de Soma do Dia.

“É um projeto que tive muito cuidado pra construir. Investi mais que recurso financeiro, investi a vida mesmo. Então, me preocupo com cada detalhe. Acredito muito no trabalho como música, poesia e conceito. Não é realização de sonho, não tenho essa ingenuidade e, talvez por isso eu me preocupe tanto com detalhes. Porque sei que é um trabalho sério, profissional e de muita qualidade”.

Inspirado no escritor britâncio Aldous Huxley, o músico tem o conceito artístico guiado pelo personagem “John, o Selvagem”, de Admirável Mundo Novo. Sua maior preocupação é com uma sociedade contemporânea automatizada.

“Fico fascinado por essa sensibilidade que Huxley tinha de construir uma percepção social, a partir de uma ação da máquina e, ser tão assertivo nessa construção. É isso que se acentua quando ele elege um salvador do caos social e esse salvador é um índio selvagem e alheio aos desejos da civilização. Um herói que salva o mundo com seu amor mais puro e genuíno.”

Atualmente em turnê com seu conterrâneo Diomedes Chinaski, Cacique vê no rap uma salvação para os jovens, principalmente os que moram em periferias. Para ele, o gênero musical tem um papel educador fundamental na vida destas pessoas.

“O rap é um dos braços do Hip-Hop. Este último, talvez, seja o movimento social mais importante já provocado por um movimento cultural. Arrisco dizer que ele educa e corrige em muitos casos, principalmente a juventude periférica, salvando jovens todos os dias. Se a música é um instrumento pelo qual se transforma, o rap é sem duvidas a mais transformadora de todas elas.”

Cassiano Cacique é um músico, poeta e embolador que resgata a raiz do povo nordestino na própria trajetória de vida. É neto do poeta cego Manuel Pedro Clemente, famoso por ser um exímio repentista e também pelos poemas Amor de Mãe e Partida Saudosa.

Deixe seu comentário!
Victor Costa

Victor Costa

Jornalista e flamenguista. Fã de Quinto Andar e Sabotage, é um curioso sobre o universo hip-hop. Escreve a coluna "O Rap pelo mundo" e produz vídeos para o canal do Raplogia.

Leave a Reply