Muita coisa aconteceu na vida de Meek Mill desde que o rapper lançou o seu último disco, Wins & Losses, em Julho de 2017. Em Novembro, ele foi condenado por violar sua condicional a mais de dois anos de prisão.

A decisão foi condenada por muitos, sendo que a parcialidade da juíza responsável pelo caso vinha sendo questionada.

Sua liberdade foi defendida por inúmeras personalidades, como seu colega na faixa “What’s Free“, JAY-Z. O lendário rapper escreveu um editorial no NY Times sobre o sistema prisional e como esse sistema persegue jovens negros nos Estados Unidos.

Michael G. Rubin, um dos donos do Philadelphia 76ers, e o ator Kevin Hart buscaram o rapper no dia em que ele foi liberado, 24 de Abril de 2018, e o levaram em um jogo de basquete.

Em Julho, Meek deu um gostinho aos fãs com o EP Legends of the Summer, com 4 faixas, tendo um resultado razoável nos charts. Com Championships, ele vem forte para buscar o seu espaço novamente.

Em 2015, o rapper começou uma grande briga com Drake, que gerou algumas disstracks e uma inimizade ferrenha. Ambos fizeram às pazes e o canadense está no projeto na faixa “Going Bad“.

Championships tem faixas em que Meek fala sobre suas experiências de injustiça com o sistema. É um projeto bastante maduro, comparado aos outros.

O grande destaque do projeto vai para a faixa “What’s Free“, com JAY-Z e Rick Ross. Usando sample da clássica “What’s Beef?” de Notorious B.I.G., eles trazem letras maduras para o jogo como também um pouquinho de polêmica – vide o verso de Jigga.

São 19 faixas em Championships, que saiu pela Atlantic Records e pela Maybach Music. Ouça abaixo:

Deixe seu comentário!
Jhonatan Rodrigues

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011. Ex-escritor do Rapevolusom. Me encontre no Twitter falando sobre rap: @JhonatanakaJoe

Leave a Reply