Notícias

Coro MC lança a mixtape “1.2”, ouça

By 1 de abril de 2018 No Comments

WhatsApp Image 2018-04-01 at 11.32.43

Lançada ontem, no dia 31 de março, Coro MC chega com mais um trabalho a cena: a mixtape “1.2” O rapper de Fortaleza gravou suas letras em cima de batidas da beattape D.R.U.M.S. do produtor holandês Kofi The Unknow.

“Em 2016, Coro ouviu essa mixtape e ficou pirado, por conta dos samples de bossa nova. E aí ele solicitou que eu conversasse com o Kofi. Mandei um email pedindo para gravar umas músicas e ele achou ‘do caralho'” – conta David Fontenelle, produtor executivo e co-diretor artístico da mixtape.

A mixtape é um trabalho autobiográfico, contando com faixas muito pessoais como “Jhonny”, onde é narrada a história de um jovem de Fortaleza assassinado logo antes do trampo sair. No entanto, Jhonny ainda chegou a ouvir a faixa em um show de Coro MC e “existe com um vídeo em que o filmaram, mesmo sem saber que ele era o personagem do som” – explana David.

A arte de capa é trabalho de Jefferson William, com quem Coro sempre trabalha: “já trabalhou comigo em vários outros trabalhos, e sempre que preciso de alguém em quem posso confiar na função, é com ele que eu conto.”

Segundo o próprio MC, apesar da capa ter a planta Cannabis ao fundo, não é uma mera alusão ao uso da droga e nem uma abordagem rasa sobre o assunto.

“[…] Em 2017, eu me deparei com um catálogo de venda de sementes selecionadas para o cultivo de Cannabis […] e cada tipo tinha um apelido que denominava a espécie, mas também continha informações sobre a genética de cada uma.

Entre elas uma tinha o nome de Cabeça de Preto, e foi essa que me chamou atenção. Logo lembrei da mixtape quando percebi que a espécie que acabo de supracitar, tratava-se da cruza de duas espécies de Cannabis que por coincidência ou por ironia do destino, era de uma espécie Holandesa (Blueberry) com uma Brasileira (Manga Rosa), é claro que o clichê veio a mente no momento, mas não pude desconsiderar o fato da espécie ser fruto de uma cruza de espécies desses dois países que querendo ou não, também refletiam a mesma situação da mixtape, quando consideramos que um produtor Holandês utilizou samples de Músicas Brasileiras. E também, considerando é claro que eu tinha feito rimas para aqueles Beats.” – conta o rapper fortalezense em uma anotação no Genius.

Coro MC acaba de formar uma banda para embarcar em um projeto com hip hop inspirado na criação de Ghostface Killah em parceria com o BADBADNOTGOOD e com certeza é um nome a se olhar entre os vários da ótima safra que o RAP nordestino vem nos apresentado a um bom tempo.

Deixe seu comentário!

Leave a Reply