Notícias

O hip-hop está banido das televisões chinesas

By 22 de janeiro de 2018 No Comments

Apesar de ser o gênero mais consumido pelo público em alguns países, o hip-hop não tem apenas amigos ao redor do mundo. Segundo a revista Time, os reguladores da mídia chinesa – Administração de Imprensa, Jornais, Rádio, Filmes e Televisão da República da China (SAPPRFT) – impuseram regras específicas “para que os programas não tragam atores com tatuagens ou que retratem a cultura hip-hop, culturas fora do mainstream e cultura decadente”.

Gao Changli, diretor desse departamento, troue regras específicas na sexta-feira:

“Definitivamente não usar atores os quais o coração e moralidade não estão alinhados com o partido e que a moralidade não é nobre;

Definitivamente não usar atores que não tem gosto, são vulgares e obscenos;

Definitivamente não usar atores o qual o nível ideológico é baixo e que não tenham classe;

Definitivamente não usar atores com problemas e escândalos morais”

Alguns artistas já começaram a sofrer represálias do governo chinês. O rapper GAI, sensação do programa Singer, teve seus vídeos retirados do canal do programa. Triple H, um rapper underground do país, também teve vídeos e músicas removidas de serviços de streaming.

Rappers chineses estão sendo obrigados a ser desculpar por músicas e retirar seu material do ar. A decisão do departamento chinês surtiu efeito na rede social Weibo, o equivalente do país para o Twitter, onde usuários repreenderam a atitude do governo.

 

Deixe seu comentário!
Jhonatan Rodrigues

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011, Joe é fã incondicional de Nas, futebol, cinema e séries de TV. Se apaixonou pelo hip-hop graças aos filmes sobre a cultura e escreve há 7 anos sobre o assunto na internet. Já passou pelo Rapevolusom e foi um dos moderadores do Genius Brasil.

Leave a Reply