Especiais

5 sons essenciais para conhecer Illa J

By 4 de abril de 2018 No Comments

illa_j_by_robert-winter-600

Tendo participado do clássico grupo Slum Village e irmão de J Dilla, Illa J chega ao Brasil para uma série de apresentações e palestras. Após a morte de seu irmão, John Yancey abandonou a Central Michigan University, deixou de lado suas inibições e saiu como MC e produtor. De passagem pelo Brasil, ele fará amanhã um show no SESC Pompeia. O Raplogia fez uma matéria especial com 5 sons essenciais para você conhecer o artista de Detroit e não passar vergonha na apresentação.

1. Timeless

Timeless é a primeira faixa do primeiro álbum solo de Illa-J: “Yancey Boys”. O álbum foi lançado em 2008 e foi produzido por seu irmão J-Dilla antes de sua morte em 2006 e carrega o sobrenome dos irmãos.

2. All Good

All Good é a décima faixa do Yancey Boys e marcante pois é uma das músicas onde Illa J está mais empenhado em rimas, algo que veio a mudar posteriormente. “It’s all good” é uma espécie de “bordão” do J Dilla, presente até mesmo em sua lápide.

3. Universe

Universe é um dos carros-chefe do segundo disco solo de Illa J, auto-intitulado. O projeto é importante pois, segundo o artista, foi o primeiro passo para se firmar como artista independente e com suas próprias criações e personalidade, sem mais ser visto como “o irmão mais novo do Jay Dee.”, apenas. O MC canta desde o início de sua carreira, pois o caminho trilhado foi do canto para a rima. No entanto, em Universe e outras músicas do disco “Illa J”, percebe-se o começo da transição de Illa de volta ao canto.

4. Sam Cook

“Sam Cook” foi a primeira faixa de seu último álbum, “Home.” Produzido por Calvin Valentine, a música tem um toque nostálgico, lembrando cantores afro-americanos do passado, como o título indica. Na página Soundcloud da música, Illa J fala sobre seus sentimentos por “Home”: “Cantar sempre foi uma grande paixão para mim … eu sempre fui fascinado em todas as corridas vocais acrobáticas que alguns cantores fazem com sua voz. Para mim, é uma coisa atlética e eu definitivamente me vejo como uma atleta vocal.”

5. Home

Home é a faixa de seu último disco, que leva o mesmo nome (como mencionada acima). Nela, vemos o rapper finalmente transformado em cantor, usando melodias em toda a faixa. Também carrega o valor que é muito bem transposto no vídeo: Illa J está em casa – musicalmente e fisicamente. Podemos observar o MC de Detroit muito confortável nos vocais e também na cidade, em sua vizinhança, com as pessoas de seu convívio e onde cresceu.

Deixe seu comentário!
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter