Especiais

A Obsessão dos Rappers com o Lutador Ric Flair

By 6 de março de 2018 No Comments

Saiu na última quinta-feira (01) o vídeo da música “Ric Flair Drip“, de 21 Savage, Offset e do produtor Metro Boomin. No visual, além de muito luxo, carros e mulheres, há a presença de um dos maiores lutadores de wrestling dos Estados Unidos, Ric Flair, conhecido nos ringues como Nature Boy.

Lendário na WWE, maior companhia de wrestling dos Estados Unidos, famosa no mundo inteiro – inclusive no Brasil -, Ric Flair iniciou sua carreira nos ringues em 1972 pela NWA (National Wrestling Alliance). Logo, tornou-se uma das grandes estrelas da companhia, com seu estilo falastrão e extravagante, tornando-se o herdeiro da alcunha “Nature Boy”, usada pelo lutador Buddy Rogers nos anos 50.

O estilo flamboyant do lutador sempre rendeu ótimos momentos. Em diversas entrevistas para promover suas lutas, ele roubava a cena ostentando seus carros, relógios, mulheres e músculos. Seus discursos também contavam com inúmeras ad-libs, hoje extremamente usadas nos raps. Você pode não conhecer ou ter visto uma entrevista dele, mas certamente já ouviu um “woooo!” em algum rap. Não tem como você não ligar isso com Ric Flair.

Popularidade e referências

Ric Flair parou de lutar em 2012, após quarenta anos nos ringues. Década após década, ele ainda tinha um grande respeito e admiração no cenário do wrestling, assim, diversas gerações o viram lutar. Se observarmos o gráfico do Rap Stats, do Genius, que mostra a porcentagem de citações a Ric Flair iniciou-se no meio da última década.

O início das referências ao lutador bate com o crescimento de um hip-hop com uma maior ostentação, em meados da década passada, o bragadoccio era algo tão comum que referências a Ric Flair eram usadas como significado de luxo e vida boa.

Em 2011, Pusha T sampleou um dos discursos mais famosos do lutador na música “What Dreams Are Made Of“:

“You’re talking to the Rolex wearing, diamond ring wearing, kiss stealing, whoa! wheelin’ dealin’, limousine riding, jet flying son of a gun and I’m having a hard time holding these alligators down!” 

Pusha T celebrava um estilo de vida extremamente semelhante ao que Ric Flair pregava em suas entrevistas, ostentando carros, relógios, sapatos de crocodilo e mulheres. No mesmo ano, em “New God Flow“, Kanye West citou o lutador e fez suas famosas ad-libs. No remix de “I Don’t Like” e em “Sweet Serenade“, o rapper o cita novamente.

O mesmo sample de “What Dreams Are Made Of” é usado em “Bout That Life” de Meek Mill, outra música que celebra um lifestyle repleto de luxo e ostentação.

Woooo!

O estilo luxuoso de Ric Flair virou sensação na época em que o mesmo lutava e conquistou os rappers. Os discursos repletos de “mentiras” para entrar no personagem motivaram rappers a rimar sobre seus relógios e carros, se comparando com o lutador. Você pode colocar um disco do Jay-Z dos anos noventa, e ouvir o rapper se gabar sobre esses itens materiais – e caros. É o mesmo discurso de Flair, é por isso que ele passou a ser tão citado por rappers.

O hip-hop sempre referenciou atletas, e lutadores de wrestling, de certa forma, podem entrar dentro desse círculo de referências esportivas feitas pelos rappers ao passar dos anos. Ric Flair nada mais é do que um extravagante atleta com gostos caros e que tinha o pavio curto – ou seja, como vários rappers que já existiram.

No Genius, você pode ver várias outras referências ao lutador clicando aqui.

Deixe seu comentário!
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Jhonatan Rodrigues

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011. Ex-escritor do Rapevolusom e ex-Genius Brasil. Me encontre no Twitter falando sobre rap: @JhonatanakaJoe