Lançamentos da semanaNotíciasReviews

Manual de Magia Avançada por nabru e gvtx

By 15 de janeiro de 2020 No Comments

por Diogo Carvalho

EPs e singles são uma boa forma de introduzir um novo artista ao público, principalmente pela forma atual instantânea de consumo de música na atualidade, através de plataformas de streaming e playlists.

Nesse sentido, logo na primeira semana do ano, a Belo Horizontina nabru e o beatmaker de Volta Redonda gvtx (gato, para os íntimos) prepararam o EP 0701 por Bruxa e Gato (2020). Composto por 7 músicas, muito jazz, horas a fio no Rancho Mont Gomer, linhas sujas e os kick e claps mais tortos da galáxia. Imagina se Sabrina Spellman e seu gato preto Salem marcassem de tomar um café com Madlib? Bom, tem 11 minutos e 04 segundos de muito rap que podem fazer você imaginar essa cena.

Trocando ideia com os dois, eles definem essa collab como um “manual de magia avançada”, fruto de improvisos na pré-produção e no estúdio. Depois de muita pesquisa referencial para os samples, nomes como Bill Evans e Stephanie Mills foram mencionados. Soa com um jazz swingado porém picotado. Com compassos que provocam uma certa curiosidade, tentando entender o que é sample e o que é manipulado. É o tipo de trampo que, em questão de sonoridade, você precisa ouvir algumas vezes pra perceber tudo. Quando perguntados sobre as referências para as rimas foram citados Princess Nokia e Lord Apex. Melodia e classe em cima dos pianos, sem massagem, sendo suave na medida correta. 

IMPRESSÕES DA PRIMEIRA AUDIÇÃO

Pra começar, o auto tune ficou incrível! Não sei vocês, mas acho que existem sons em que uma presença maior desse efeito combina muito bem. Mas no caso de 0701, foi preciso um tato mais fino pra esse recurso. E, honestamente, achei que foi muito bem alcançado. Não me lembro de ter ouvido nada da Nabru com esse adicional. 

Observa-se também a narração de uma rotina que não é tão constante assim. Em uma certeza de permanência, muito é dito sobre estar juntos, demonstrar seu apreço um pelo outro, toda a labuta de demorar pra finalmente conseguir se ver. Perpassa também discussões de como é ter a vida de artista independente nos dias de hoje e as pequenas evoluções do dia-a-dia. 

Deixe seu comentário!
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter