Notícias

“Na Luta”: Meire D’Origem se unirá a Cris SNJ e Preta Ary em novo clipe sobre o poder da mulher negra

By 2 de agosto de 2018 No Comments

Simeire Domingues de Queiroz Epifanio, mais conhecida como Meire D’Origem, é cria do Vale do Paraíba, interior de SP, mãe, MC do grupo D’Origem, preta e periférica. E aos 32 anos de idade, carrega uma trajetória cheia de resistência e muito Hip Hop.

Atualmente, como extensão da carreira artística, Meire oferece oficinas de artes e poesia em escolas, fundações casa, penitenciarias femininas, além de ministrar palestras sobre o ecossistema do Hip Hop e promover rodas de conversas e encontros para a formação e empoderamento das mulheres de sua região.

Em dezembro do ano passado, a MC lançou seu primeiro single intitulado “A Profecia” e desde então, vem se dedicando a projetos e a um videoclipe em parceria com Preta Ary e Cris SNJ. Meire garante: “Na Luta” virá pesado e para mostrar a força das mulheres periféricas que estão no front diariamente.

A música nasceu no início de 2018, com a ideia de protagonizar a vivência de inúmeras mulheres adeptas a Cultura Hip Hop, que são silenciadas e apagadas dentro de seu contexto histórico. Com uma pegada trap, a produção mostrará a realidade de três mulheres MC’s, que se uniram para fazer um som sobre suas vivências e particularidades.

Com produção instrumental de Caio Nefussi, o videoclipe será lançado no dia 13 de agosto e conta com produção audiovisual da equipe Gira mundo.

‘’Quando escrevi o som não tive dúvidas de quem convidaria para ele, a princípio chamei a Cris SNJ, por sempre ter sido referência para mim. A Cris SNJ é especial, as rimas dela me faziam acreditar, “Da mina da escola a mina que sobe no palco e rima, se tem um objetivo lute que Deus ilumina”. Eu simplesmente cantava esse som como um louvor, entoava mesmo, virou uma espécie de oração e anos depois a conheci, fizemos alguns shows juntas e ela topou imediatamente. A algum tempo já conversávamos sobre ter um som juntas, em seguida chamei a Preta Ary, por ela ser uma mulher que está ai “Na luta” ao meu lado no grupo D’origem a 11 anos, e ela mais do que ninguém me conhece e sabe a necessidade que temos de gritar para outras mulheres como nós são apagadas, que sim é possível”, afirma Meire.

Dia 13 de agosto nas ruas. Guarde essa data!

Deixe seu comentário!
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Leave a Reply