Notícias

EA Sports e NFL censuram rimas referentes à Colin Kaepernick no novo Madden

By 4 de agosto de 2018 No Comments

Desde 2016, o quarterback Colin Kaepernick vem sendo uma das pessoas mais faladas no mundo do esporte e do ativismo. O ex-jogador do San Francisco 49ers, durante um jogo de pré-temporada do seu time em 2016, fez um protesto contra o hino nacional americano. Ele não se levantou durante a execução do hino, e tempos depois, começou a se ajoelhar durante esse momento.

Kaepernick também usou meias com porcos vestidos como policiais, em um protesto contra a brutalidade policial e racismo das corporações ao redor dos Estados Unidos. Suas atitudes incomodaram conservadores norte-americanos, mas deu início a uma série de protestos dentro dos campos de futebol americano.

O quarterback acabou se tornando persona non grata pela NFL após sair do seu contrato com ons 49ers em Março de 2017. O jogador não conseguiu assinar com nenhum outro time desde então, vendo jogadores piores em sua posição sendo contratados e jogando na liga.

O caso mais recente entre NFL e Colin trata-se do jogo Madden NFL 19, um dos jogos mais famosos de esporte produzido pela EA Sports. A produtora e a liga, censuraram referências à Kaepernick na música Big Bank, de YG com 2 Chainz, Big Sean e Nicki Minaj, como mostra o vídeo abaixo:

A produtora, normalmente, censura palavrões e algumas outras letras mais pesadas em todos os seus jogos. Mas ao cortar da música o nome de um ex-jogador da liga, ela arranjou um grande problema.

“É decepcionante e chocante que a @NFL & @EA tenha retirado o nome de @Kaepernick7 do meu verso em Big Bank no Madden 19, como se fosse um palavrão,” postou Big Sean em seu Twitter após saber da remoção do nome do jogador. “Ele não é um palavrão, é um presente! Ninguém do meu time aprovou isso,” completou.

YG também comentou em seu Instagram que não aprovou nada disso, postando mensagens de apoio ao jogador.

Essa não é a primeira vez que a EA Sports e a NFL fazem isso. De acordo com o Pro Football Talk, isso aconteceu com a última versão do jogo, quando o nome de Kaepernick foi retirado da música Bars of Soap de Mike WiLL Made-It.

A EA Sports respondeu sobre o caso em seu Twitter, respondendo o tweet de Big Sean:

“Cometemos um grande erro com nossa trilha sonora do Madden NFL. Membros do nosso time se desentenderam com o fato de que não temos os direitos do nome de Colin Kaepernick no jogo, sendo que isso não afetaria nossa soundtrack. Nós pisamos na bola, e a edição nunca deveria ter acontecido. Nós iremos colocá-la novamente com um update do jogo no dia 6 de Agosto. Não queríamos desrespeitar, e nos desculpamos com Colin, YG, e Big Sean, todo o time da NFL, todos os fãs e nossos jogadores por esse erro.”

O jogo vai ser lançado no dia 10 de Agosto. Colin Kaepernick continua sem time, e lutando contra o racismo através de diversas causas sociais.

Deixe seu comentário!
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Jhonatan Rodrigues

Jhonatan Rodrigues

Fundador do Raplogia em 2011. Ex-escritor do Rapevolusom e ex-Genius Brasil. Me encontre no Twitter falando sobre rap: @JhonatanakaJoe

Leave a Reply