O line-up do Lolla já está disponível e os fãs já começam a se organizar pra estarem presentes nos melhores shows do festival. Vai encostar e quer conhecer melhor os artistas? Se liga nessa série que o Raplogia preparou!

O segundo dia tem Post Malone como um dos headliners do festival, acompanhado da cantora de R&B Jorja Smith e do brasileiro Rashid.

Texto traduzido do Allmusic

Criado em Dallas, Malone era da NFL antes de ser da NBA graças a um pai que trabalhava para os Cowboys. Ele amava a música desde muito jovem, e planejava entrar para uma banda graças ao videogame Guitar Hero, mas quando seu pai lhe deu uma cópia do hit “Lean Back” do Terror Squad, Post decidiu se tornar um MC. Ele ficou com a equipe de Dallas, o IRAS, até que uma mudança para a costa oeste o deixou em Los Angeles. Depois de colocar algumas tranças no cabelo, ele cunhou o termo “Iverson Branco”, e quando ele postou a faixa no início de 2015, ele atingiu um milhão de visualizações dentro do mês. Malone assinou com o selo da República no final daquele ano. Em 2016, ele lançou o single “Go Flex” junto com sua mixtape de estréia oficial, 26 de agosto, que foi lançado em maio. Meses depois, seu primeiro esforço de estúdio chegou. Stoney contou com convidados desde Justin Bieber até Migos ‘Quavo e Kehlani. O álbum atingiu o número seis na Billboard 200 e foi certificado como multi-platina. Após o sucesso de sua estréia, o Post lançou os singles “rockstar” com 21 Savage e “Psycho” com Ty Dolla $ ign. O primeiro liderou o Hot 100 por semanas, enquanto o último chegou ao número um. As faixas chegaram ao seu segundo ano, Beerbongs & Bentleys, que chegou ao primeiro lugar após o lançamento. Junto com os produtores Scott Storch, PartyNextDoor, Louis Bell e London on da Track, o esforço também contou com os rappers convidados Nicki Minaj, YG e G-Eazy, entre outros.

Texto traduzido do Allmusic

Jorja Smith é uma cantora e compositora inglesa cujo R & B sincero e estridente invocou comparações com nomes como Aluna George, Rihanna e Amy Winehouse, a última que a artista de Walsall cita como sua maior influência. Dentro de um intervalo de três anos, Smith apareceu na parada independente do Reino Unido com seu single de estréia, indicado ao MOBO, “Blue Lights” (2016), quase quebrou o Top Ten da parada de dança do Reino Unido com “On My Mind” (2017) e depois de três nomeações MOBO adicionais entraram no Top 40 com a balada assistida por Stormzy “Let Me Down” (2018). Durante esse tempo, Smith também contribuiu para a playlist More Life, de Drake, e para a trilha sonora de Black Panther, guiada por Kendrick Lamar, lançamentos que aumentaram a audiência e intensificaram a antecipação de seu próprio Lost & Found (junho de 2018). A estréia do álbum de Smith, um sucesso do Top Five no Reino Unido, foi reconhecida com três indicações ao Brit Awards e uma indicação ao Grammy de Melhor Novo Artista.

Rashid é Michel Dias Costa, rapper, produtor e empresário, nascido em São Paulo, em 21 de março de 1988. A primeira parte da infância, passada na periferia da capital, logo foi seguida por uma mudança para a cidade de Ijaci, interior de Minas Gerais, onde viveu dos 13 até os 17 anos ao lado da mãe, dos irmãos e avós. De volta à São Paulo, foi morar com a família do pai e este retorno possibilitou que pudesse amadurecer a ideia de seguir escrevendo versos, algo que manteve como hábito desde a infância mas que agora buscaria como profissão através do rap.

Moska foi o primeiro apelido escolhido e, com ele, Michel começou a circular pelos shows e batalhas até 2006. Em 2007, escolheu Rashid, que em árabe significa “justo”, “honesto” e também “corretamente guiado”. Foram anos compondo singles e tocando nas festas de São Paulo, ajudando a fomentar um cenário que já era estabelecido mas que começava a ser melhor notado naquela virada de década com a presença de EmicidaProjota e outros. Assim, Rashid foi espalhando sua música enquanto buscava construir um nome sólido e de relevância.

Nesses mais de dez anos de sua carreira como Rashid, lançou dois álbuns de estúdio, três mixtapes, três EPs e diversos singles, além de colaborar com inúmeros artistas. Durante este período, também montou sua própria empresa, a Foco na Missão, que administra sua carreira e sua marca de roupas e acessórios.

Deixe seu comentário!
Share this...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Leave a Reply